Pesquisar
Close this search box.

Relações interpessoais, o ouro da gestão de carreiras

Facebook
Twitter
LinkedIn

Parte 3 da série SUA CARREIRA EM 2024

Inteligência emocional e Modelo ABC

1. A mente vencendo o humor: Mude como você se sente, mudando o modo como você pensa (2ª edição) – Dennis Greenberger e Christine A. Padesky

Este livro prático fornece ferramentas e estratégias baseadas na TCC, incluindo a aplicação do Modelo ABC, para ajudar a lidar com emoções negativas e comportamentos indesejados.

2. The feeling good handbook – Dr. David D. Burns

Uma extensão do trabalho de David Burns, este livro aborda questões práticas da vida cotidiana, utilizando a TCC para abordar uma variedade de desafios emocionais.

3. “Give and Take: Why Helping Others Drives Our Success” – Adam Grant

Adam Grant examina a dinâmica das interações interpessoais e argumenta que ser um doador, alguém que contribui para os outros, é uma abordagem muito eficaz para o sucesso em longo prazo.

4. Como fazer amigos e influenciar pessoas – Dale Carnegie

Um clássico no campo das relações interpessoais, Dale Carnegie oferece princípios atemporais para criar conexões significativas e influenciar positivamente as pessoas.

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PRIVACIDADE - Quando você faz um comentário, publicamos apenas sua avaliação dos textos e seu nome. Seu e-mail não é divulgado, nem repassado para terceiros.

Serenidade e felicidade: como alcançar bem-estar emocional sustentável

Neste artigo, exploramos a busca pela felicidade na perspectiva de renomados filósofos como Norberto Bobbio e Luc Ferry, enfatizando a importância da serenidade como um estado mais sustentável e realista de bem-estar emocional. Discutimos como a serenidade, um equilíbrio interior perante as adversidades, pode ser cultivada através de práticas como mindfulness, meditação, exercícios físicos e manutenção de relações significativas. Também destacamos insights da psicologia positiva e da neurociência, sugerindo que a felicidade deriva da combinação de emoções positivas, engajamento, relações profundas, propósito e realização. Este enfoque holístico sugere que, embora a felicidade possa ser efêmera, a serenidade é um alicerce firme para uma vida plena e satisfatória.

Leia mais »